Como evitar a ansiedade diária antes de ir ao trabalho?

Existem manhãs em que você sente que a longa lista de tarefas pendentes exige sua atenção a partir do momento em que você abre os olhos, ou mesmo antes, se infiltrando nos seus sonhos de uma maneira perturbadora. Esse fenômeno é cada vez mais comum e é conhecido como ansiedade matinal.

Em um cenário ideal, o dia começaria devagar, você acordaria lentamente quando solicitado pelo corpo, parando um momento para sentir como está e acordando quando se sentisse mais lúcido.

No entanto, o habitual é que você desperte com o alarme do celular e ligue ao olhar diretamente para o e-mail, redes sociais e mensagens não lidas sem sair da cama. Diante desse tipo de comportamento, é impossível escapar da ansiedade, além de alimentá-la.

Freepik.

É interessante observar esses padrões porque nos ajuda a perceber que, muitas vezes, são nossos próprios hábitos que preferem criar mais tensão em vez de diminuí-la.

Vejamos algumas maneiras práticas de reduzir a ansiedade matinal que pode nos ocorrer nas primeiras horas do dia, antes de iniciar nossa jornada de trabalho.

Escreva antes de dormir:

Tomar lápis e papel para refletir pensamentos por escrito é um exercício que pode ajudar a drenar o excesso de ideias e o ruído mental com que vivemos todos os dias, quer percebamos ou não. Fazer isso antes de ir para a cama é uma maneira de abrir mão e virar a página, deixando de lado eventos e pensamentos para criar mais espaço.

Você só precisa de alguns minutos. Você pode anotar suas preocupações, ideias que passam por sua mente, uma frase que ouviu ou simplesmente palavras-chave relacionadas a emoções. Você descobrirá que vai dormir mais profundamente e se levantará relaxado.

Deixe o telefone fora do quarto:

O telefone celular se tornou o gadjet (Gadget é uma gíria tecnológica pra designar dispositivos eletrônicos portáteis, criados para facilitar funções específicas e úteis no cotidiano) para tudo e a função de despertador está totalmente integrada em nossas vidas. Mesmo que pareça agudo, esse novo hábito coloca em risco a qualidade do sono e incentiva você a acordar ainda mais ansioso.

A razão é que os telefones são a nossa conexão com o mundo em todos os níveis, eles nos ligam ao trabalho, lazer, relacionamentos… Então, inconscientemente, é difícil distanciar-se deles. No entanto, deixar o telefone em outro ambiente da casa, afasta a mente dos estressores que interferem no desfrute de um descanso tranquilo e do despertar. O melhor seria desligar o celular à noite, deixá-lo em outro móvel e retornar ao despertador analógico. Você verá que a manhã começa de maneira diferente.

Aceite que o tempo é limitado:

Alguns dos pensamentos ansiosos que nos perturbam no início da manhã, começam por não ter terminado as tarefas no dia anterior. O e-mail que ainda falta ser enviado, o trabalho acumulado ou a ligação que foi passada para você, se torna uma pequena voz que nunca se apaga e continua falando contigo, desde o momento em que você apaga a luz à noite até o primeiro raio de sol.

Além de revisar como você se organiza, pode ser necessário aplicar mais aceitação, pois o dia tem horário limitado. A verdade é que nada vai acontecer se todas as tarefas não forem alcançadas; o mundo não vai acabar se as coisas ficarem um pouco atrasadas.

Volte e veja o que você pode melhorar ou reestruturar. Isso criará um espaço mental para o dia seguinte, ajudando a ter um despertar mais silencioso e preparando você para lidar melhor com as tarefas que ficaram inacabadas.

Fonte: RH Digital.