Amizades tóxicas: como detectá-las e sair delas?

As amizades enchem nossas vidas com muitos benefícios. No entanto, nem todas as amizades são feitas para durar. Quando se fala em relacionamentos tóxicos, geralmente, o tópico de relacionamentos entre casais é o mais discutido, mas abuso emocional ou psicológico também pode ocorrer em relacionamentos amigáveis.

Amizades tóxicas podem causar muitos danos emocionais, porque é com os amigos que passamos boa parte do nosso tempo e, como consequência, eles exercem uma grande influência em praticamente todos os aspectos de nossas vidas.

Embora as amizades tóxicas tenham muitas diferentes características, estas são cinco das principais:

1. Aponte suas inseguranças o máximo que puder:

Amigos tóxicos não perderão a oportunidade de mencionar suas inseguranças. Todos nós temos problemas que nos tornam sensíveis e preferimos que sejam tratados com cuidado.

Um amigo tóxico não respeita esses limites. Embora haja momentos em que um amigo precisa confrontá-lo e talvez dizer um “comentário estranho”, quando o relacionamento é tóxico, isso acontece constantemente e sem a ocasião que o justifique.

2. Lembra você de seus erros constantemente:

Na mesma linha do ponto anterior, um amigo tóxico mostrará seus erros e outros momentos embaraçosos que você passou. Novamente, tudo depende do contexto: algumas piadas são muito normais; lembrar de coisas que realmente fazem você se sentir mal, não. Bons amigos tentam ver o que há de bom em você e celebrá-lo.

3. Ele só quer passar um tempo com você quando precisar de algo seu:

Este é um sinal de alarme claro. Amizades, como relacionamentos de qualidade, são enriquecidas enquanto as pessoas que as formam se apoiam. Se você não pode contar com essa amizade, mas, por outro lado, está sempre disponível quando ele quer algo de você (seu tempo, vários favores, etc.), você acabará emocionalmente exausto.

4. Vive no modo vítima:

Interpretar a vítima é uma característica das pessoas tóxicas em geral. Eles levam as coisas muito para o lado pessoal e tentam fazer você se sentir culpado quando as coisas não acontecem como esperavam, em vez de assumir a responsabilidade por suas próprias ações. Em outras palavras, é uma forma de manipulação emocional.

5. Faz você se sentir pior depois de passar um tempo juntos:

Bons amigos agregam valor às nossas vidas. Através de seus gestos, palavras ou atos, eles nos fazem sentir acompanhados, ouvindo e se compreendendo. Por sua vez, tentamos fazer o mesmo por eles. Se, por outro lado, nos sentirmos piores depois de passar um tempo com uma certa amizade, esse relacionamento pode ser tóxico.

Reciprocidade, antídoto para toxicidade:

Cada relacionamento precisa de um ponto mínimo de equilíbrio. Precisamos nos sentir bem com a outra pessoa, não ter medo constante de seu ridículo ou afronta.

Thinkstock/Getty Images

Se você tem um amigo que precisa de você continuamente, que sempre o leva a situações comprometidas, que só quer falar sobre seus problemas, então não há reciprocidade e, portanto, também não há espaço para amizade.

Não é necessário ter uma proporção de 50 a 50 a cada minuto, mas é essencial sentir o equilíbrio de receber conforme você define suas necessidades e expectativas.

Como sair de uma amizade tóxica?

Se um amigo seu tiver alguma dessas características, tente incentivar o diálogo. Talvez você não tenha notado sua maneira de agir.

Um pouco de reflexão pessoal também pode nos ajudar. Se tentarmos ser bons amigos e nos comportarmos no mesmo nível, é muito provável que atrairemos pessoas que também desejam estabelecer relacionamentos afetivos e saudáveis. O pensador Ralph Waldo Emerson já disse: “a única maneira de fazer um amigo é ser um”.

Mas se você já executou essas duas etapas e o relacionamento ainda causa estresse, talvez seja hora de remover essa pessoa do seu círculo de amigos.

Lembre-se de que as pessoas que escolhemos nos cercar influenciam muito nosso bem-estar emocional. Identificar essas cinco características pode nos ajudar a avaliar se é necessário dizer adeus a amigos que são tóxicos e, por outro lado, agradecer e valorizar aqueles que não são.

Amigos para usar e jogar fora?

A maioria das amizades não é feita para durar. Muitas amizades servem a um determinado propósito, e uma vez que esse objetivo expira, o mesmo acontece com a amizade.

Essas amizades não se baseavam em valores mútuos ou em uma afinidade profunda e segura por ambos. Eles provavelmente foram formados fortuitamente por coincidência ou pura conveniência.

Livrar-se de amizades que não vão na direção de seus projetos de vida é uma das melhores coisas que você pode fazer por sua própria autoestima, motivação e conveniência.

Se você tem um plano de vida, é necessário que as pessoas que o acompanham contribuam e incentivem cada passo dessa maneira, pode parecer egoísta, mas acima de tudo é saudável.

Fonte: Psicopedia.